Preço Exorbitante Para um Esporte de Massa

6 Comentários »
Eu poderia falar de vários assuntos, como os dois golaços que não entraram na semana passada, de Lúcio Flávio e Léo Moura, o torcedor do Coritiba que chamou o jogador Carlos Alberto, do Botafogo, de macaco, e foi processado pelo jogador, o time de futebol que ousou ganhar da Alemanha de Hitler e foi assassinado por isso, ou então de Robinho, que por pura pirraça saiu do poderoso Real Madrid pra jogar no time dos petroeuros.

Mas eu vou fazer uma crítica à CBF. A Confederação Brasileira de Futebol, comandada há 4 mandatos por Ricardo Teixeira, que marca todos os seus jogos amistosos em Londres, que distancia a torcida da seleção, que não convoca mais jogadores que atuam no Brasil dando preferência aos do Leste Europeu. Essa Confederação, nas raras vezes em que faz um jogo aqui, (por obrigação, não por opção) cobra preços exorbitantes pelo ingresso. O mais barato para o jogo de amanhã será 30 reais. Imagine o cidadão que quer ver o jogo, e levar a família. 90 reais, com esposa e filho. Absolutamente fora da realidade do nosso país. E o que acontece? Vai nesses jogos gente que não costuma ir a jogos de clubes, logo, não costuma cantar e apoiar o time os 90 minutos. Quem acompanha o futebol nota claramente a diferença entre jogo da Seleção Brasileira e jogo da Seleção Argentina, por exemplo. Além disso, é absolutamente errado o cara pagar mais pela seleção do que pelo time. Por que time, ele pode ir a todos os treinos, pode ajudar, pode cobrar quando algo estiver errado, e na seleção não. Só para se ter um exemplo, até o domingo não haviam se esgotado os 45.000 lugares do Engenhão. No sábado da semanda da final da libertadores, todos os 90.000 mil lugares já estavam esgotados.

Bom , concluindo, a CBF já ganha dinheiro demais em Londres, e oferece um produto de qualidade muito baixa para cobrar esse preço.

6 Responses to "Preço Exorbitante Para um Esporte de Massa"

g.winme Says :
9 de setembro de 2008 21:36 Este comentário foi removido pelo autor.
g.winme Says :
9 de setembro de 2008 21:37

É o que move o capitalismo.
Quem diria que até na CBF isso aconteceria?

Tá, qualquer um diria.
A CBF raramente passou confiança.

carolina abdalla Says :
10 de setembro de 2008 17:33

o dia que a CBF acabar com sua máfia quem sabe isso não muda (: . beijocas

Ana Clara Vega Says :
10 de setembro de 2008 20:02

CBF abusa, mas lembra que não são só os ingressos dos raros jogos da seleção no Brasil que são caros. Até no Brasileiro é assim, infelizmente.
Ótimo texto :)

isabel cristina Says :
13 de setembro de 2008 22:21

Adorei o texto.
É verdade, a CBF é uma instituição que supostamente deveria cuidar do futebol brasileiro, mas o senhor Ricardo Teixeira só se importa em arrecadar dinheiro.Pra ele, é claro.

Huang Says :
22 de setembro de 2008 01:27

é uma vergonha mesmo um ingresso custar 100 ou 200 reais, mesmo sendo uma partida da seleçao.Tá ai o resultado, 30 mil pagantes só. Até o fato da seleçao jogar poucas vezes em territorio nacional nao conseguiu com que o estádio ficasse cheio.Mais uma mancada da CBF: nós somos o "país do futebol", mas como sempre tudo aqui acaba com pizza ou dinheiro na cueca.

Obs: meu fluzao mais que o dobro de pessoas que a seleçao brasileira!=D

Postar um comentário