Uma Ferradura para os Chineses

7 Comentários »
Atenção para os leitores: Este texto foi escritos às pressas, portanto foi mal-escrito, não foi revisado e muito menos corrigido. Peço sinceras desculpas aos leitores por isso, algo que não se repetirá nas próximas postagens. Obrigado.
.
Faltando menos de um mês para o começo das Olimpíadas de Pequim, o mundo está parando. Como sempre, a expectativa para o início dos jogos é muito grande, principalmente para aqueles que irão presenciar esse grandioso evento do esporte mundial. Polêmicas, correrias, obras atrasadas e falta de verbas estão presentes na maioria desses eventos, não se pode negar. Contudo, dessa vez, o grande problema não é algum estádio que não irá ser construído antes do início dos Jogos, mas sim conflitos internacionais e a sorte de uma República que não está merecendo ser reconhecida assim.

Com certeza alguns estão se perguntando se eu estou mesmo chamando um Estado que contou com um terremoto que matou mais de 80 mil pessoas de sortudo. Claro que o escritor desta publicação não é nenhuma pessoa sem coração, o acidente natural foi realmente terrível. A questão é que apesar de tudo, a China saiu ganhando com todo esse episódio.

Por quê? Não é difícil entender. Antes de tudo, devo fazer uma pergunta aos caros leitores: O quê se falava sobre a China uma semana antes do terremoto?
Bom, todas as pessoas informadas conseguirão me responder. A ocupação Chinesa no Tibet, que já é fato há 40 anos, explodiu ultimamente na mídia graças aos Jogos Olímpicos e à rivalidade da República com os Norte-Americanos. O Estado era fortemente pressionado pela ONU, países e pela imprensa por dominar o país e exilar seu grande líder, o Dalai Lama. E isso já estava causando problemas, não fosse um grande golpe de sorte, coincidência ou não.

Já estão assimilando os fatos?

O que estava talvez mais perto de significar a liberdade cultural, política e social dos tibetanos foi por água abaixo com a ajuda da natureza. Depois do dia 12 de Maio, o foco mudou. A China, que era o grande vilão da história, se tornou a vítima, graças à um golpe da Natureza. Talvez seja uma forma da filha dos elementos se vingar de nós, humanos, que fizemos tanto mal à ela, ou talvez seja uma coincidência que mudou uma grande parte do rumo de toda a história humana.

O que não pode acontecer é ficarmos calados perante este acidente, que fez talvez mais bem do que mal para os governantes do Estado. Precisamos voltar a protestar pela liberdade de povos, pela liberdade do Tibet.

Até a próxima postagem,
g.winme

--
Saiba mais sobre o conflito China-Tibet:
http://www.10emtudo.com.br/imprimir_artigo.asp?CodigoArtigo=65
, 20:46

7 Responses to "Uma Ferradura para os Chineses"

Thaco Morat Says :
10 de julho de 2008 22:18

Realmente, para os governantes chineses se tratou, de um 'golpe de sorte'.
O mundo não pode se esquecer do que já existia e ainda existe. Não pdoe perder o foco.
Ponto de vista muitíssimo interessante.

inferninho Says :
10 de julho de 2008 22:37

é verdade,
é verdade.
vamos protestar..
mas no momento estou mais preocupada com o Brasil mesmo.
Esse sim é o que mais me preocupa.

Mahzinha Says :
11 de julho de 2008 12:10

Desculpe, inferninho. Acho que só se preocupar com o Brasil é errado, não são as fronteiras de nossos países que definem quem somos e quais devem ser nossas preocupações. Guh, você foi um grande observador com esse texto, você pode notar que 80 mil mortes às vezes só APARENTAM ser ruins, podem ter lá seus lados bons. É o que as quero falar, mas tenho medo de ser silenciada e ser tratada como louca, psicopata ou algo do gênero.

inferninho Says :
11 de julho de 2008 23:42

ps. eu ñ estou preocupada SOMENTE com o Brasil.

Mahatma Naiads Says :
14 de julho de 2008 10:16

Impressionante que estes "golpes de sorte" tendam a acontecer com pessoas que necessitam desta omissão de fatos para cobrir atos ilícitos...
Mas, por mais que tenha ocorrido esta catástrofe, podemos ainda, como pessoas conscientes, evitar que a questão do Tibet morra nas mentes das pessoas. Muito boa postagem!
Espero que muitas pessoas leiam-na...

L. Hobbit Says :
16 de julho de 2008 15:28

O texto ficou bom, chegou ao ponto que deveria chegar: alertar as pessoas de que apesar dos pesares e dos milhares de mortos o governo chinês continua tratando como galinhas de uma enorme granja de seu quintal o povo tibetano, reprimindo-os do direito a expressão, liberdade e até de identidade. É, é isso que a china faz com o Tibet quando insiste em manter vínculos com o pais.

Foi realmente muita sorte para a china já que os protestos chegavam a um ponto que poderiam realmente ameaçar as olimpíadas.
E eu não teria ligado o terremoto aos conflitos com o Tibet. se não fosse nosso amigo G.

Saudações de L. Hobbit,
por um mundo mais livre.

P.S.: Inferninho nós vivemos num mundo interligado, uma esfera, tudo que acontece do outro lado um dia terá conseqüências para nós, talvez não de forma direta mas, se preocupar só com o Brasil e com o que nos acontece é um pensamento egoísta. Mas que bom que não é o seu caso. Só alertando.

Nilton Saldanha Says :
19 de julho de 2008 15:35

E , além do que , o sofrimento causado pela ação do homem , por quaisquer motivos , é muito maior do que uma catástrfe da natureza.

Postar um comentário